Atualização regulamentar: alterações às RTS da SFDR

Mini podcast 15 de dezembro de 2023

 

Transcrição

As instituições europeias continuam a proceder a uma importante intervenção cirúrgica no SFDR. No dia 4 de dezembro, as autoridades europeias de supervisão - ou ESAs - apresentaram as suas alterações às normas técnicas regulamentares do regulamento relativo à divulgação de informações sobre finanças sustentáveis - ou SFDR- e aos principais indicadores de impacto adverso - ou PAIs - que lhes estão associados. 

Três títulos principais:

  1. Em primeiro lugar, temos três novos PAI obrigatórios, uma série de novos PAI facultativos e temos também uma série de alterações às metodologias que estão na base de alguns dos nossos PAI existentes.
  2. Número dois. Obtivemos mais esclarecimentos sobre muitos dos requisitos técnicos. Isto inclui alterações em relação ao tratamento de derivados, a utilização de estimativas e ajustamentos ao princípio de não causar danos significativos ou DNSH, incluindo: Em primeiro lugar, a exigência de que os participantes nos mercados financeiros divulguem os limiares numéricos para determinar se um PAI foi violado. E, em segundo lugar, a formalização de um "porto seguro" para investimentos que passem o DNSH para que a taxonomia seja lida em SFDR e vice-versa.
  3. E, finalmente, em terceiro lugar, temos um modelo atualizado ou modelos actualizados que tornarão as informações mais salientes mais acessíveis aos pequenos investidores, através de um painel de controlo, e incluirão um maior detalhe para os produtos que prosseguem uma estratégia de redução das emissões.

A Comissão Europeia tem agora três meses para analisar as sugestões antes de decidir se as aprova.

Partimos do princípio de que tal acontecerá sem qualquer problema e aguardamos mais notícias sobre a data de aplicação das alterações. Não esperamos que as alterações se apliquem imediatamente e prevemos um período de transição.

No entanto, sugerimos aos investidores que acompanhem atentamente este espaço para saberem quando é que isto entrará em vigor. Ao mesmo tempo, para nos manter a todos atentos, temos a Comissão Europeia a efetuar a sua própria revisão dos requisitos de nível 1 do SFDR . Esta foi lançada em setembro de 2023, embora as alterações demorem provavelmente alguns anos a entrar em vigor.

Introduza o seu endereço de correio eletrónico para ler mais